Pub
Pub

André Marechal

1 de junho de 2017
última atualização em 3 de junho de 2017 às 13:06

A solidariedade faz a diferença; ajude a quem mais precisa

Foto por divulgação.

Por André Marechal

É muito bonito de se ver a união do povo deodorense e dos alagoanos neste momento difícil, ao qual passam os municípios atingidos pelas inundações provocadas pelos temporais que caem há mais de uma semana em todo estado, deixando milhares de pessoas desabrigadas e provocando mortes. Os voluntários estão fazendo uma grande diferença, através das mobilizações nas redes sociais ou arregaçando as mangas para ajudar no que for preciso.

Na cidade de Marechal Deodoro estive visitando nesta quarta-feira, dia 31, durante a cobertura jornalística desta lamentável tragédia, alguns pontos que concentram os serviços de recebimento e distribuição de donativos, no prédio da Faculdade, além da cozinha central montada na escola Deodoro da Fonseca. Tiro meu chapéu, literalmente, pois vocês sabem que uso, para essas pessoas que deixaram o conforto de seu lar para ajudar o próximo.

A maioria deles poderiam estar em suas casas, simplesmente acompanhando através das postagens nos meios de comunicação, a desgraça de quem perdeu os bens materiais, mais que não perderam a esperança de um novo recomeço. Essa perspectiva de que tudo vai dar certo no final é também o ideal dos voluntários.

Com quem conversei era possível observar o semblante de satisfação, por poder estar contribuindo para minimizar o sofrimento das famílias que encontram-se passando pela turbulência de vivenciar mais uma vez  o drama das enchentes. Essa deve ser a temática geral de quem se propõe a ajudar.

Que Deus abençoe a todos e dê forças para vencer mais esta empreitada, onde diariamente se consegue transpor um novo obstáculo, até que a bonança retorne aos lares dos desabrigados deodorenses e alagoanos.

 

Anuncio
Anuncio

2 Comentários

  1. Rosiel disse:

    André boa noite,admiro e parabenizo seu trabalho a frente desse instrumento de informação que é o Marechal Noticias.
    Amigo, sei que muitas foram as vitimas dessa ultima enchente em nosso município e sei que muito tem por se fazer para que as coisas voltem a sua normalidade, durante esses dias de tormento tive em minha familia pessoas que foram afetadas também, como é o caso do meu sogro o Zé Leão, o mesmo perdeu parte de sua residencia e este acontecimento se deu por conta do deslizamento da Barreira da Rua 18 do Forte(área central de nossa cidade), e já se passaram mais de 15 dias e até agora nada foi passado de como será feito para solucionar aquele problema, pois a familia encontra-se morando na casa de familiares e estão prestes a alugar uma casa para morar, sabemos que outras familias estão em dificuldades até pior, mais até o momento NADA foi feito.
    Gostaria que se possivel você e sua equipe procurasse alguém que seja responsavel por resolver esses problemas. Querendo venha fazer uma reportagem com os familiares para ver como ficou a casa e como estão passando. Pois ajuda orgão municipal até agora NENHUM!

  2. Sebastião Heleno disse:

    Parabéns André,
    Seu comentário merece os nossos elogios, sua atitude, sua solidariedade e o desejo de paz, conforto e novas esperanças para a nossa gente atingida pela chuva e as enchentes em nosso município. È muito importante e sei que tudo dito por você è do fundo do seu coração,você merece não só os meus cumprimentos, e sim também os aplausos de todo povo deodorense.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Desenvolvido por André Moabson S. Ramos