Pub
Pub

André Marechal 

29 de março de 2018
última atualização em 31 de março de 2018 às 10:03

Lagoa “Mãeguaba” do pão nosso de cada dia

Foto: Jal da Colônia

Por André Marechal

As vezes eu fico me perguntando o quão majestosa não seria nossa exuberante lagoa Manguaba, a quem eu carinhosamente costumo chamar de “Mãeguaba”, se não fosse os problemas ambientais enfrentados por este importante corpo hídrico para a região.

Nesta semana em que se comemora a Páscoa, tive a oportunidade de encontrar com alguns amigos pescadores do Povoado Pedras, onde os mesmos haviam acabado de chegar da pescaria. Nas embarcações estavam os frutos colhidos na velha laguna.

Siris, carapebas, camurins, tilápias e tantos outros peixes que me enchiam de orgulho por viver em uma terra tão rica em recursos naturais, e que tem sido uma verdadeira mãe para centenas de famílias deodorenses.

Um outro fator que me chamou a atenção foi também a generosidade dos pescadores, que dividiam um pouco do pescado com famílias da comunidade que aguardavam no porto.

Um grande exemplo não só para o período pascoal, mas também para levar de lição durante o resto de nossas vidas.

Agradeço a Deus por dar tamanha bonança e fartura para que muitas famílias sobrevivam por muitos e muitos anos, sobre os cuidados da nossa boa e velha “Mãeguaba”.

Fotos: André Marechal

Anuncio
Anuncio

0 Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Desenvolvido por André Moabson S. Ramos