Madereira Portal
Auto Peças

BPA resgata animais silvestres na capital e no interior de AL

Operações foram realizadas em Maceió, Coruripe, Rio Largo e Coqueiro Seco

Tartaruga marinha foi encontrada debilitada em uma praia do município de Coruripe.

Da Redação

Demonstrando o papel importante que tem na preservação das espécies da fauna silvestre regional, policiais militares do Batalhão de Polícia Ambiental (BPA), deflagaram na manhã desta sexta-feira, dia 15, operações pontuais para atender as demandas da população alagoana. Foram resgatados vários animais silvestres durante todo o dia de hoje.

As guarnições se dividiram para otimizar o atendimento das ocorrências ambientais, que teve início com uma operação deflagrada na chamada “Feira do Passarinho”, que fica no bairro da Levada, na capital Maceió. Passeriformes como sibites, guriatãs e papa-capins que estavam sendo vendidos ilegalmente foram apreendidos.

Já na cidade de Coruripe, uma tartaruga-cabeçuda, medindo mais de 1 metro de comprimento, foi resgatada. O animal estava debilitado, possivelmente por ter ficado enroscado em redes de pesca, já que vem se tornando comum este tipo de ocorrência no litoral sul do estado.

Em Coqueiro Seco foi uma tartaruga de água doce, também conhecida como “muçuã”, que chamou a atenção de populares. O animal foi encontrado próximo a área urbana do município e entregue aos militares do BPA.

Em Rio Largo um jacaré apareceu e assustou moradores do Alto das Palmiras.

Na cidade de Rio Largo um jacaré apareceu no quintal de uma residência e assustou os moradores do Conjunto Alto das Palmeiras. Eles também acionaram o batalhão que enviou uma equipe ao local.

Ainda em Maceió, um tucano-araçari foi parar dentro de um estabelecimento comercial próximo ao HGE, atraindo a atenção dos funcionários que contiveram o animal enquanto era aguardada a chegada da equipe. Já no Village Campestre, uma jandaia foi resgatada.

Todos os animais foram levados para o Centro de Triagem de animais Silvestres (Cetas/Ibama), onde passaram por avaliação de um médico veterinário. Futuramente, de acordo com as informações repassadas ao Portal MN, todos deverão serem novamente reintroduzidos na natureza.

Fotos: BPA

0 Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Marechal Notícias