Madereira Portal
Auto Peças

Governo apresenta propostas, mas Operação Padrão da PM e CBM continua

Militares mantêm Operação Padrão mesmo com propostas do governo (Foto: Katherine Coutinho)

Militares mantêm Operação Padrão mesmo com propostas do governo (Foto: Katherine Coutinho)

Apesar de o Governo ter apresentado propostas que agradaram aos militares na reunião ocorrida na noite desta quinta-feira (19), a Operação Padrão deve continuar em Alagoas. Após quatro horas de negociações, ficou acertado que dois projetos serão encaminhados à Assembleia Legislativa de Alagoas (ALE) para apreciação: realinhamento salarial da categoria e remuneração dos vice-voluntários.

Uma nova reunião foi marcada para a próxima quinta-feira, quando o destino da manifestação deverá ser decidido.

A categoria se mostrou otimista quanto às negociações. “Ao que tudo indica, conseguiremos aprovar a maioria das nossas reivindicações. Precisamos de melhores condições de trabalho para podermos cumprir as nossas funções. Mesmo assim, vamos manter a Operação Padrão até que tudo seja formalizado, porque até agora temos apenas um acordo de cavalheiros”, explicou o coronel Ivon Berto.

Além disso, foi aprovada a possibilidade de aumento do custeio da Polícia Militar, que há anos está fixado em R$ 1,24 milhão, assim como a equiparação salarial.

Além do governador Teotônio Vilela Filho, participaram da reunião os deputados estaduais Ronaldo Medeiros e Judson Cabral (ambos do PT), a presidente da Mesa Diretora, Flávia Cavalcante, e o deputado federal Givaldo Carimbão.

“Mostramos que, com esforço, foi possível tirar a verba necessária de outro lugar. A ideia é que parte do reajuste seja pago agora e a outra em 2014. Além disso, temos que mudar a forma de promoção dentro da corporação. Não dá mais para ficar na base do apadrinhamento”, afirmou Carimbão.

Manifestação

Na porta do Palácio Zumbi dos Palmares, militares da polícia e do Corpo de Bombeiros se reuniram para esperam o resultado da reunião. Eles pediam melhores condições de trabalho e exigiam que uma ação fosse feita pelo governo em prol da categoria.

Gazeta Web

0 Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Marechal Notícias