Madereira Portal
Auto Peças

Mulher joga marido de penhasco oito dias depois de se casarem

Foto: reprodução

Foto: reprodução

Jordan Graham, de 22 anos, foi acusada de empurrar o próprio marido de penhasco oito dias depois do casamento. Ela confessou o crime para que o caso não fosse considerado de primeiro grau (quando há premeditação).
A americana também confessa ter mentido nas investigações. Jordan pode receber pena máxima, que é a prisão perpétua, no julgamento que acontecerá em março do ano que vem. Ela foi acusada de matar Cody Johnson, de 25 anos, empurrando-o de um penhasco no Parque Nacional Glacier, em Montana, nos Estados Unidos, em julho deste ano.
A defesa da mulher alega que que ela tinha dúvidas sobre o casamento. Johnson foi dado como desaparecido em 8 de julho, ao não comparecer no trabalho. A mulher relatou mais tarde que ela tinha visto seu corpo no parque, mas ele só foi encontrado cinco dias após o crime.
Aos agentes do FBI, Jordan disse que ela havia discutido com o marido em 7 de julho, enquanto eles caminhavam no parque. Em determinado momento, ela teria tentado ir embora, mas Johnson agarrou seu braço. Ela se virou e “devido à sua raiva, ela empurrou Johnson pelas costas com ambas as mãos e, como resultado, ele caiu no penhasco”, explica um dos documentos sobre a investigação.
Fonte: Fala Mundo

1 Comentário

  1. massagueira ja foi boa agora fede falta água todo santo dia ,imagine viver assim,vergonha,cadé voçé prefeito,tá faltando agua aíiiii

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Marechal Notícias