Madereira Portal
Auto Peças

CSA e CRB disputam hoje o primeiro duelo da final

csaxcrb

Campeonato Alagoano chega à sua reta final após três meses de disputa. Dos dez times que atuaram na edição deste ano da competição – sendo oito na Primeira Fase e seis no Hexagonal –, apenas CSA e CRB, os dois clubes de maior tradicional e que possuem uma grande rivalidade no Estado, conseguiram chegar à final do Alagoano, onde disputarão o título de 2013.

O Azulão tenta ser campeão do Estadual para coroar não só sua campanha na competição, como também marcar o ano de seu centenário e levar o 38º troféu para sua galeria de títulos no Mutange. Já o Galo espera levar o título para ser mais uma vez bicampeão alagoano (aumentando para 27 o número de conquistas) e colocar água no chope – como diz o adágio popular –, do time azulino que completa 100 anos de vida, acirrando ainda mais a rivalidade entre as duas equipes.

Para conquistar a vaga para a final do Alagoano, o CRB realizou 12 jogos, sendo 10 partidas disputadas no Hexagonal – onde terminou em primeiro lugar –, e duas na semifinal. Dos 12 duelos, o Galo sete jogos, empatou três partidas e sofreu apenas duas derrotas. O time regatiano chegou à final com o melhor ataque da competição e a defesa menos vazada. O poderio ofensivo regatiano marcou 22 gols e o setor defensivo sofreu apenas nove tentos. Ainda de acordo com os números de seu retrospecto na competição, o CRB está invicto atuando dentro de casa. Dos sete jogos disputados sob seu domínio, o Galo venceu todos eles.

Já a equipe CSA para chegar à final teve que disputar 26 jogos, sendo 14 na Primeira Fase, na qual terminou em terceiro lugar classificando-se para o Hexagonal, onde fez mais dez partidas, indo à semifinal após ficar em segundo colocado. Na semi disputou outros dois jogos, completando as 26 partidas. O Azulão marcou 40 gols e sofreu 27 tentos. Dos 26 jogos realizados, o time azulino venceu sete das 12 partidas disputadas em casa, e empatou dois jogos. Já das 13 partidas feitas longe de seu torcedor, o CSA venceu quatro duelos, empatou sete e perdeu apenas dois jogos.

CSA x CRB
Para chegar à final do Estadual, o CRB encarou na semifinal o time do CEO. No primeiro jogo, o Galo empatou por 1 a 1, no estádio Edson Matias, em Olho d’Água das Flores,em jogo disputado no dia 28 de abril. Na partida de volta realizada no último sábado (04/05), o Galo venceu o time olhodaguense na prorrogação por 1 a 0, depois de empatar por 1 a 1 no tempo normal. O zagueiro Gladstone fez o gol salvador nos minutos finais do segundo tempo da prorrogação, após Schwenck ter marcado para o Galo nos 90 minutos e em seguida William José empatou para o CEO.

Já o CSA conquistou vaga para disputar a final do Alagoano após vencer o ASA por 1 a 0 em Arapiraca, em partida disputada no dia 27 de abril. E no duelo da volta, o Azulão colocou o regulamento embaixo do braço, segurou o empate com o Alvinegro e carimbou vaga na final.

Neste Alagoano, CSA e CRB já se enfrentaram duas vezes pelo Hexagonal. Nos dois duelos, o Galo segue invicto, com uma vitória por 1 a 0 e um empate de 1 a 1.

RETORNOS
Para o duelo com o CRB, o técnico Ademir Fonseca contará com o retorno do goleiro Galatto, dos laterais Paulo Sérgio (direito) e João Victor (esquerdo) e o zagueiro Audálio. Os quatro jogadores retornam após cumprirem suspensão automática.

Pelo lado do CSA, o técnico Beto Almeida contará com o retorno do lateral-direito Leandrinho, que cumpriu suspensão automática, provavelmente a volta do volante Elyeser, bem como do meia Marielsos. Elyeser está em fase final de recuperação de catapora e Marielson de contusão.

Do Primeira Edição

2 Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Marechal Notícias