Madereira Portal
Auto Peças
Cia das Bebidas

Alunas de Medicina denunciam Uncisal por visita a ‘terreiros de macumba’

Universidade Estadual de Ciências da Saúde

Duas alunas de Medicina da Universidade Estadual de Ciências da Saúde (Uncisal) prestaram queixa na coordenação do curso por terem se sentido ofendidas em suas convicções religiosas, ao visitarem um terreiro de religião afro na cidade de Marechal Deodoro, no último dia 25.

Na queixa elas dizem que são católicas e a orientação é proibir visita a “terreiros de macumba”

Segundo apurou o blog, a visita a terreiros é comum por fazer parte de uma política de orientação e práticas da saúde, que se estende a todas as religiões.

A visita aconteceu ao terreiro de Antônio Baiano, em Marechal Deodoro.

Na grade curricular do curso de Medicina da Uncisal consta a disciplina políticas públicas, responsável por visitas a templos religiosos e comunidades como as grotas em Maceió.

Quando o aluno vai à coordenação do curso e escreve reclamação ou queixa, ele formaliza sua demanda em forma de documento.

A coordenação então ouve o professor e os outros alunos. Depois sai o resultado.

Atitude das alunas pode ser enquadrada como racismo, incluindo a discriminação religiosa e pode gerar multa e até prisão (1 a 3 anos a depender da gravidade).

Fonte: Repórter Nordeste

0 Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Marechal Notícias