Madereira Portal
Auto Peças

Árvore cai sobre carro e interdita rua no Stella Maris

Árvore caiu sobre veículo no Stella Maris

Árvore caiu sobre veículo no Stella Maris

Um empresário instalado no Stella Maris, em Jatiúca, viu o seu maior temor se concretizar. Uma árvore existente na calçada do seu estabelecimento tombou no final da manhã desta quinta-feira, dia 2, e caiu sobre um veículo, além de interditar a Rua Engenheiro Paulo Brandão Nogueira. A árvore, cuja espécie não foi determinada, provocou o bloqueio da rua e interrompeu o fluxo de veículos no local.

Por pouco, o proprietário do veículo Cerato NMG 1042, Itacir Fabbris, não foi vitimado. Fabbris relatou ao Alagoas24Horas que havia estacionado o carro na porta do seu estabelecimento comercial e em menos de dez minutos o incidente ocorreu.

Segundo Fabbris, em novembro do ano passado a Eletrobras Alagoas, Corpo de Bombeiros Militar, Ibama e IMA foram informados sobre os riscos apresentados. “Mas como em Alagoas nada acontece, é preciso primeiro a tragédia acontecer para que só assim possa se tomar alguma atitude para a solução do problema”, enfatizou.

Fabbris ainda adverte que outros estabelecimentos comerciais, como também transeuntes e veículos, que passam pela avenida, estão em perigo. “Essas chuvas foram fortes e pelo peso não suporta a quantidade de água. Agora imagine as árvores ao longo da avenida e o risco que corre quem por aqui passa”, alertou.

Uma unidade do Corpo de Bombeiros Militar esteve no local para realizar a poda da árvore e a desobstrução da via. Questionados sobre a possibilidade de outras virem ao chão, eles se limitaram a responder que uma resposta só será possível após uma análise técnica que será feita pelos órgãos responsáveis.

“Não estou preocupado com o prejuízo do carro, pois tenho seguro. Mas estou estarrecido com o acontecido, pois procurei os órgãos responsáveis e por pouco não fui vitimado. Sabe-se lá como eu estaria se tivesse ficado no carro enquanto falava ao telefone?”, desabafou o comerciante.

Os proprietários dos estabelecimentos se mostraram preocupados com os riscos apresentados à população e clientes. Eles destacaram que vão pressionar os órgãos públicos para que uma explicação seja dada, além de provocar o Ministério Público Estadual.

Do AL24hs

0 Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Marechal Notícias