Madereira Portal
Auto Peças

Justiça de AL registra primeiro casamento entre mulheres em União dos Palmares

Noivas com o juiz Ygor de Figueiredo

Depois de registrar a primeira união homoafetiva, em março desse ano, envolvendo o mecânico Cristiano Costa de Amorim, 43, e o cozinheiro Josenildo Soares da Rocha, 33, União dos Palmares registrou nessa quinta-feira, 30, mais um casamento homoafetivo, desta vez das jovens Franklyne da Silva Oliveira e Luana Ferreira Barros. A união foi oficializada no Fórum Juiz Franklin Gama de Lima, pelo juiz Ygor Vieira de Figueiredo.

A união chamou a atenção dos demais casais presentes ao fórum na manhã de hoje. O juiz, no entanto, fez questão de ressaltar a igualdade da união. “O que importa é a família estar unida e feliz. Esta união só não é mais comum porque poucas pessoas se expõem para mostrar que são iguais no amor”, defendeu.

Durante a cerimônia, o juiz ainda defendeu o direito da família e se disse feliz pela presença das noivas. Questionada sobre como se sentia sobre a união, Franklyne disse que não tinha palavras para descrevê-la e que aquele era o momento mais feliz da sua vida. O casal ainda ‘convidou’ outros casais homossexuais a oficializarem as suas uniões.

O primeiro casamento entre pessoas do mesmo sexo foi celebrado pela juíza Lorena Carla Sotto Maior, também em União dos Palmares.

Fonte: AL24hs

0 Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Marechal Notícias