Madereira Portal
Auto Peças
Cia das Bebidas
08-09-2018 às 12:09

TRE nega reforço de tropas federais para municípios de Alagoas

Dois 15 municípios com pedido de reforço negado, sete foram classificados como pleitos acirrados e precisam de maior atenção da PM 

REPRODUÇÂO

O Pleno do Tribunal Regional Eleitoral de Alagoas (TRE/AL) negou, por unanimidade, as solicitações de tropas federais para 15 municípios que compõem cinco zonas eleitorais em Alagoas. A decisão foi proferida em sessão sessão realizada na tarde de ontem, quinta-feira (6). O pedido de tropas federais foi negado, mas o pleno sugeriu reforço no policiamento militar das zonas.

Os municípios que tiveram os pedidos indeferidos foram Viçosa, Cajueiro, Mar Vermelho e Pindoba, da 5ª zona eleitoral; São Miguel dos Campos, Jequiá da Praia e Roteiro, da 18ª zona; Mata Grande e Canapi, da 27ª zona; Campo Alegre e Limoeiro de Anadia, da 47ª zona e Joaquim Gomes, Campestre, Flexeiras e Novo Lino, da 53ª Zona.

As solicitações de reforço pela força federal na segurança foram feitas pelos juízes eleitorais das cinco zonas. O relator do pedido, desembargador Alberto Maya de Omena Calheiros, explicou que o TRE enviou ofício aos juízes para que informassem necessidade de tropas federais nos municípios.

Diante dos relatos dos juízes sobre a situação nos municípios em que atuam, no fim do julgamento, o pleno do TRE sugeriu reforço no policiamento nas áreas da cinco zonas que tiveram os pedidos de tropas federais negados.

“O comando-geral da Polícia Militar de Alagoas (PM/AL) já está realizando o planejamento necessário para o emprego operacional do contingente policial, visando ao reforço do policiamento nas municipalidades”, reforçou o desembargador Alberto Maya.

Apesar da decisão, o TRE entendeu que há sete municípios que precisam de maior atenção durante o pleito eleitoral, essas cidades tiveram as disputas consideradas acirradas, mas não extremamente acirrada, o que não justifica o pedido para reforço com as tropas federais. Os municípios que necessitam de maior atenção são: Cajueiro, Chã Preta, Limoeiro de Anadia, Rio Largo, Satuba e Viçosa.

“Faz-se necessário a justificativa suficiente, que demonstre a necessidade de intervenção federal no aparato de segurança pública do Estado e, de acordo com a jurisprudência do Tribunal Superior Eleitoral, deve estar devidamente configurada a incapacidade do efetivo policial local suprir a demanda para que seja autorizado o encaminhamento das tropas federais”, explicou o desembargador Alberto Maya.

Fonte: Ja é Notícia

0 Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Marechal Notícias