20 de maio de 2013 às 14:19

Após curto-circuito, Escola Estadual Deodoro da Fonseca entra na 3ª semana sem aulas

Escola fica localizada no centro da cidade de Marechal Deodoro. (André do MN)

Escola fica localizada no centro da cidade de Marechal Deodoro. (André do MN)

As constantes propagandas do Governo do Estado de Alagoas, acerca da melhoria na educação e consequente reforma de dezenas de escolas da sua rede de ensino, não estão convencendo os cidadãos deodorenses que dependem de uma instituição destas para cursarem o Ensino Médio na antiga capital do estado.

É que no último dia 07 de maio de 2013, um curto circuito deixou a Escola Estadual Deodoro da Fonseca sem energia elétrica. Fato que até esta segunda-feira (20), ainda não tinha sido resolvido, deixando os alunos do turno noturno sem frequentarem as salas de aula. (Clique aqui e reveja a notícia)

Já são três semanas sem aulas, e o ano letivo de 2012, que ainda não foi concluído, sofre mais um atraso com todo este descaso do poder público.

No Deodoro funciona também nos turnos matutino e vespertino, a Escola Municipal Governador Luiz Cavalcante, que por causa deste problema está tendo que liberar os alunos uma hora antes, justamente por conta das condições de calor e falta de iluminação nas salas de aula.

Falta de professores na rede estadual

Alguns alunos nos informaram ainda que após um ano de aulas, ainda faltam professores para algumas disciplinas, principalmente no 3º ano, cujos alunos enfrentarão o ENEM no final de 2013, deixando-os praticamente sem condições de conseguirem uma vaga nos institutos e nas universidades públicas.

Curto-circuito provocou um princípio de incêndio.

Curto-circuito provocou um princípio de incêndio.

6 Comentários

  1. alessandra disse:

    Isso e uma pouca vergonha pra o Governador do estado quem ta sofrendo somos nos alunos com falta de professor e alem do mas agora sem energia agente do 3 ano qui ja era pra te concluido ainda tamos estudando ate quando vai continua assim quem que fazer uma faculdade um curso quando sera qui vai fazer qui nao tem professor na escola nem previçao de professores ate quando vai continuas assim sem aula sem professor !!!!!!!!!!! E ASSIM E A VIDA DOS ALAGOANO

  2. Jailton Silva disse:

    Creio que a prefeitura deveria solucionar este problema,
    sei que o prédio é do estado, mas os alunos que votam
    estam prejudicados, e são do município, é preciso que
    alguem tomem as devidas providências.

  3. Pedro Candito disse:

    Gente o prefeito não tem nada ver com isso,pois quem ta sofrendo com isso tudo é a gente,se tem alguém que pode resolver nos problemas é GORVENADO TEOTONIO VILELA,aquele cachorro que não vale nada só pensa em se mesmo. A prefeitura daqui não tem nada ver,pois o colégio é do ESTADO E quem ta sofrendo é a gente do 3 ANO .

  4. legaliza disse:

    PAIS E ALUNOS VCS TEM Q IR NA PORTA DA PREFEITURA COBRAR ISSO DO PREFEITO A UNIÃO FAZ A FORÇA JUNTE TODOS E VAMOS COBRA DO PREFEITO

  5. legaliza disse:

    VERGONHA Q PAIS É ESSE Q INVESTE EM COPA DO MUNDO E ESQUECE DAS ESCOLAS HOSPITAIS E SEGURANÇA
    GENTE VAMOS ACORDAR

  6. carioca da poeira disse:

    Isso é um discaso do poder publico, nem a preifeitura que está utilizando o prédio procura dar um gesto nesse problema, por que se for esperar pelo estado, Deus nós acuda!

Deixe o seu comentário

PUBLICIDADE

Website desenvolvido por André Moabson