Madereira Portal
Auto Peças

Com a presença de oito vereadores, sessão da Câmara debateu vários assuntos

DSC_0046

08 dos 13 vereadores compareceram a sessão desta sexta-feira. (foto: André do MN)

Com a presença dos vereadores Marcelo Moringa, Jorge Mello, Cacau, Del Cavalcante, Larissa Sena, André Bocão, Nelson Ned e Walter Cabeção, a Câmara de Vereadores de Marechal Deodoro voltou a se reunir na manhã desta sexta-feira (26).

Com a ausência do presidente da casa, vereador Abelardo Leopoldino, o edil Del Cavalcante assumiu a presidência da sessão de hoje.

A reunião desta sexta-feira não atraiu a presença do público. Talvez por não ter havido a sessão anterior, mais abaixo fazemos um apurado dos principais assuntos discutidos.

DSC_0057

Vereador Marcelo Moringa.

Resumo da sessão

Os trabalhos foram iniciados com a vereadora Larissa Sena lendo um trecho da Bíblia Sagrada.

A vereadora apresentou algumas indicações de projetos. Dentre eles o de pavimentação do Povoado Jardim do Carmo e solicitando uma melhor atenção dos orgãos competentes com relação ao disciplinamento do trânsito na região central do município.

O vereador Del Cavalcante solicitou a implantação de quebra-molas na Avenida Marinita de Gouveia, nas imediações da escola Petronila no povoado de Massagueira, além da reforma de uma praça na Ilha de Santa Rita.

O vereador Cacau por sua vez solicitou a implantação de um posto policial no trevo do Francês; o projeto de vídeo-monitoramento da região urbana do município; implantação do PCC dos Guardas Municipais além da criação do Conselho Municipal de Segurança.

DSC_0051

Vereador Jorge Mello fazendo uso da tribuna.

Para o vereador Jorge Mello, um dos grandes problemas enfrentados pela população deodorense é a falta de segurança. Ele destacou os últimos acontecimentos policiais e falou também da falta de efetivo, tanto da polícia civil quanto da militar.

A falta de elucidação dos crimes também foi um outro ponto discutido pelo vereador Jorge Mello. Ele falou ainda da inércia de Políticas Públicas voltadas ao esporte, por parte do governo do estado, que extinguiu inclusive a SEE.

Jorge Mello solicitou também a implantação de um posto da GCM na orla lagunar, como forma de proteger o patrimônio público da ação de vândalos.

O vereador André Bocão destacou uma audiência pública que debaterá o saneamento da Praia do Francês e os efluentes líquidos que serão despejados na lagoa Manguaba.

Os problemas de infraestrutura da Rua Nelson Camilo, mais conhecida na Barra Nova como “Rua das Pulgas”, também foi exposto pelo vereador que solicitou ainda a presença do representante do setor de transportes da SEMED para discutir com os edis os problemas relacionados as reclamações dos alunos com o transporte escolar.

A sessão foi encerrada por volta das 10:00h.

Fotos: André do MN

 

 

 

4 Comentários

  1. Antonio de Assis disse:

    que bom que ouve sessão as melhores propostas são do vereador jorge melo estamos vivendo com medo a falta de segurança é precária no nosso município esperamos que saia do papel todos os projetos discutidos em sessão.

  2. josé disse:

    otimas indicacoes da vereadora Larissa Sena. parabens

  3. Marcos disse:

    Bom falaram de varias coisas em relação a saneamento no francês,segurança em marechal pois esqueçeram de falar sobre a questão do povoado massagueira onde não tem saneamento básico e nem segurança,as ruas são cheias de buracos e sem falar da falta de iluminação nos postos que tá um tremendo absurdo principalmente na areá do bosque da massagueira onde prefeito e nem vereadores não fazem nada pra melhorar,a populaçao fica idguinada com tudo isso só espero que tomem conciençia e façam algo pra melhorar nosso povoado.

  4. Eudócia disse:

    Quem bom que houve sessão e com quórum!!! Peço que não só fiquem nas discussões do proposto, trabalhem, se unam para o bem de Marechal. Estamos vivendo tempos de insegurança!!! OS deodorenses estão horrorizados com os últimos acontecimentos em nossa cidade. E se vê sem saída, pois quando nos voltamos para as autoridades competentes tem uma séria de “deveres de casa” que não foram feitos e temos como resultante esse “cenário assustador”. Boa sorte para os projetos! Que sejam todos aprovados e executados de fato e de direito.\o/

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Marechal Notícias