Madereira Portal
Auto Peças

Falta de bom senso revolta paroquianos em Marechal Deodoro

(Créditos de imagem: cortesia)

Na noite deste sábado dia 02 de dezembro de 2017, quarto dia do novenário da festa da padroeiro do município de Marechal Deodoro, onde vários paroquianos esperavam o respeito pelo falecimento de um membro da paróquia que perdeu a vida em um trágico acidente no passeio ciclístico comemorativo a festa da padroeira, se deparam com o desrespeito uma vez que a festa social está acontecendo normalmente (leilão, quermesse, bandas), na frente da igreja matriz e de outro lado o corpo do jovem sendo velado em uma igreja próxima no bairro de Taperagua.

Abaixo transcrevemos um dos muitos textos recebidos pela nossa redação, registrando a revolta dos internautas sobre o fato.

Boa noite amigos…
Venho por meio desta postagem prestar o meu carinho e o meu apoio à família do Lucas, jovem que viveu a sua vida inteira dentro da igreja.
Na manhã de hoje o jovem paroquiano sofreu um acidente no passeio ciclístico da Festa da Padroeira.
Para o espanto de muitos, a festa está acontecendo normalmente, o que nos faz repensar sobre tais questões.
O acidente aconteceu em uma programação oficial, a família é da paróquia de Nossa Senhora da Conceição, é inconcebível uma festa externa continuar acontecendo, observando que quando Monsenhor Kallisch faleceu a exatos 12 anos a festa foi suspensa, quando o Maestro José Ramos, criador do Hino da Padroeira o mesmo aconteceu com o mesmo. 
A comunidade exige respeito, respeito a um jovem que doou a sua vida para a igreja, acredito que a Virgem Maria não quer que uma festa social seja realizada nestas circunstâncias. 
Queremos aqui deixar o espaço aberto para esclarecimentos com relação ao ocorrido.

Real Deodorense

0 Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Marechal Notícias