Madereira Portal
Auto Peças

Mulher procura familiares que não vê há 34 anos

Maria tenta encontrar em Alagoas seus familiares. (foto: arquivo pessoal)

Maria tenta encontrar em Alagoas seus familiares. (foto: arquivo pessoal)

Uma mulher procura no estado de Alagoas, informações que possam levá-la a ter notícias de seus familiares, principalmente sua mãe, a qual não vê desde que ela tinha 5 anos de idade.

Maria José da Conceição Silva, 39 anos, reside atualmente no estado da Bahia e tenta encontrar alguma pista que a leve a ter informações sobre o paradeiro de seus familiares que ficaram em Alagoas desde que ela foi levada pelo pai para o estado vizinho.

Ela não sabe precisar em que município alagoano residiu nem a região, o que torna as buscas ainda mais difíceis.

O contato com o pai também foi perdido há anos e Maria José tenta agora descobrir, com a ajuda dos meios de comunicação, se os mesmos ainda residem no estado ou não.

Algumas informações foram repassadas a equipe do MN e podem ajudar a encontrar pistas que levem Maria José a realizar o sonho de rever seus parentes.

O pai dela chama-se José Luis da Silva e a mesma foi registrada no nome da madrasta, Maria Olindina da Conceição da Silva.

Maria José quando foi levada para a Bahia foi acompanhada de um outro irmão, de nome Eduardo e que faleceu vítima de um atropelamento. Ela lembra ainda que o nome de sua mãe era Maria do Carmo.

Qualquer informação pode ser repassada ao site MN ou diretamente com a mesma, através dos seguintes telefones:

(71) 9206-1436 ou (71) 9929-1883 – falar com Zidival (esposo)

maria1

6 Comentários

  1. Victor Hugo disse:

    Procuro por Dilza Lino da Silva,minha avó materna que nunca conheci,da cidade de Itaguaçu – Ba. Qualquer informação,por favor,comentar aqui mesmo ou se preferir,envie uma mensagem ao meu email victorhugosilva15@hotmail.com Obrigado.

  2. IRAZENIR NASCIMENTO VARELLA disse:

    TENHO MUITA VONTADE DE CONHECER OS FAMILIARES DO MEU AVÔ MATERNO, ANTONIO ROSA. O MESMO TRABALHOU NA REDE FERROVIÁRIA EM MACEIÓ E RESIDIA EM UMA VILA, ACHO QUE PARA FUNCIONÁRIOS, BEM PRÓXIMO AO SEU LOCAL DE TRABALHO E TAMBÉM DA PRAÇA DA FACULDADE. PROCUREI-O AOS 14 ANOS DE IDADE POR CURIOSIDADE DE ADOLESCENTE. EU O VI, SENTADO EM UMA CADEIRA DE BALANÇO. ME SURPREENDI QUANDO APARECEU SUA ESPOSA, POIS PENSEI SER MINHA VOVÓ POR PARTE DE MÃE, PARECIAM GÊMEAS. MAS PERMANECI NO PORTÃO DA CASA E DISSE: SOU SUA NETA E SÓ QUERIA CONHECÊ-LO. ESTUDEI E ME FORMEI NA 1ª TURMA DO INSTITUTO DE EDUCAÇÃO.FUI MORAR NO RIO DE JANEIRO E LÁ PERMANECI POR NAIS DE 40 ANOS. HOJE SOU SERVIDORA APOSENTADA DAQUELE ESTADO E RESOLVI VOLTAR PRA MACEIÓ E TENTAR ESTAR MAIS PERTO DA MINHA MÃE, HOJE COM 86 ANOS DE IDADE.RESIDO NO BAIRRO DE JATIUCA.
    CURIOSIDADE DESSA HISTÓRIA REAL: – MINHA AVÓ MARIA JOSÉ DA SILVA(FALECIDA)ERA CASADA COM O PAI DA MINHA MÃE(EUNICE). MINHA MÃE ERA PEQUENINA E MINHA VÓ PRECISOU SE SUBMETER A UMA CIRURGIA DE VESÍCULA COM URGÊNCIA. MINHA VÓ FOI BUSCAR SUA IRMÃ MAIS NOVA(NÃO LEMBRO QUAL LUGAR)PARA CUIDAR DA CRIANÇA POIS MEU AVÔ(ANTONIO ROSA/S) TINHA QUE TRABALHAR. DEVE TER ACONTECIDO UM GRANDE AMOR ENTRE OS DOIS, POIS ELES SE FORAM, TIVERAM SEUS PRÓPRIOS FILHOS E VIVERAM FELIZES, GRAÇAS À DEUS. PARA NÃO ENTRAR EM DETALHES QUE NÃO VEM AO CASO NESSE MOMENTO, EU NUNCA ESQUECI DO MEU AVÔ QUE NÃO CONHECI,O PORTÃO ERA DISTANTE DA CADEIRA DE BALANÇO,NÃO VI SUA FACE E NEM DA MINHA TIAVÓ LEGÍTIMOS. ÉRAMOS 5 FILHOS MAS MEU IRMÃO, ÚNICO HOMEM FALECEU. SOUBE QUE NAQUELA ÉPOCA EU JÁ TINHA UM TIO NO EXÉRCITO E OUTRO JOGADOR DE FUTEBOL.NÃO SEI SE É VERDADE. SOU A ÚNICA DA FAMÍLIA QUE TENHO ESSA SENSIBILIDADE.NINGUÉM FALAVA NADA A ESSE RESPEITO E NÃO TIVE A POSSIBILIDADE DE PESQUISAR E ENCONTRAR ALGUÉM. SOU IRAZENIR NASCIMENTO VARELLA, 63 ANOS, CASADA E MÃE DE UM FILHO.POR FAVOR, É MUITO IMPORTANTE QUE EU OLHE NOS OLHOS DE ALGUÉM QUE TEM LAÇOS TÃO FORTE DE SANGUE.MINHA TIAVÓ E MEU AVÔ POR PARTE DE MÃE. SEUS FILHOS E DESCENDENTES SÃO PARTE DA MINHA VIDA, ESSA QUE NÃO CONSIGO ESQUECER.CONHECER UM DE VOCÊS É MUITO IMPORTANTE PRA MIM E APENAS PRA MIM.MINHA MÃE É FILHA ÚNICA E INFELIZMENTE TEVE ESSA FILHA SENTIMENTAL DEMAIS.(82)30280592

  3. Diego Fernandes disse:

    Minha bisavó se chamava Maria olindina da Conceição, mãe de Noe Balbino

  4. procuro pelos parentes do meu bisavo sudario anastacio silva e maria conceicao silva queu seu eles moravao em mg formigas a mais ou menos uns 70anos atras

  5. zidival disse:

    você encontrou sua familia

  6. eu tambem procuro meus parente de alagoas a minha avo se chama maria da conceiçao silva meu avÔ se chama julio tertuliano da silva meu pai se chama aristides tertuliano da silva eu sou laercio de jesus silva meu telefone (44)8446-4009 moro em umuarama paraná

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Marechal Notícias