Madereira Portal
Auto Peças

Mata Ciliar da Lagoa Manguaba é devastada por fogo e despejo de lixo

manguaba

Apontada como base da economia alagoana há mais de um século, a indústria canavieira exerce seu poder e pressão sobre o poder público para obter mais espaço para a plantação da cana-de-açúcar.

Essa expansão tem deixado apenas vestígios de Mata Atlântica, que dominava a paisagem alagoana, mas é pouco a pouco substituída pelas plantações de cana.

De acordo com o biólogo Diego Santos, essa devastação também atinge a Lagoa Manguaba, onde apenas vestígios da Mata Ciliar podem ser vistos.

Ele explica que a importância dessa vegetação para a lagoa é como a importância dos cílios para os olhos, por isso o nome dado a ela.

Com a Mata Ciliar enfraquecida, a lagoa sofre ainda mais com o assoreamento, isso porque a terra é levada mais facilmente para dentro do leito, com o processo de erosão.

Para tentar amenizar esse e outros problemas gerados pela queima da palha da cana no processo de colheita, uma decisão do Superior Tribunal de Justiça proibiu a ação, em 2009.

Alguns estados, como São Paulo, começaram a implantar práticas alternativas desde 2002, porém, em Alagoas, o projeto de lei apresentado no ano passado na Assembleia Legislativa para regulamentar a medida foi vetado e esquecido.

Segundo o deputado autor da proposta, Antonio Albuquerque (PTdoB), interesses dos usineiros e plantadores de cana barraram a evolução da proposta na casa. Por outro lado, o setor alega que com a grande quantidade de áreas plantadas com alto grau de inclinação, não é possível substituir a colheita manual, com queimadas, pela colheita mecanizada.

CONTAMINAÇÃO

O biólogo Diego Santos lembra ainda que indústrias instaladas nas proximidades da lagoa também afetam o equilíbrio do complexo lagunar. Um exemplo seria a contaminação do lençol freático por uma fabricante de adubo instalada ao lado de um trecho de Mata Ciliar da Manguaba.

“Em 1999 e 2000 houve uma mortandade de peixes grande pelo acúmulo de agrotóxicos nos canaviais oriundos de uma multinacional. Infelizmente, a agressão direta e indireta do homem tem ameaçado um santuário ecológico conhecido mundialmente”, alerta.

Outros fatores que contribuem com a devastação da mata ciliar são as clareiras abertas por pescadores e o despejo de lixo em meio à vegetação.

Do Tribuna Hoje

0 Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Marechal Notícias