Madereira Portal
Auto Peças
Cia das Bebidas
22-06-2018 às 00:06

Adolescente que viu amigo sair com suspeitos de homicídio é morto horas depois

Davi e Allex estavam juntos em bar (Crédito: Reprodução / Redes Sociais)

Considerado testemunha do crime que vitimou o jovem Davi Trindade Sifrônio, de 18 anos, no Salvador Lyra, na manhã dessa quarta (20), o adolescente Allex de Souza, de 17 anos, foi morto a tiros horas depois, no bairro Santa Lúcia, parte alta de Maceió.

De acordo com as primeiras informações colhidas pelos militares do 5º Batalhão, os jovens eram amigos e ambos eram garotos de programa.

Allex contou aos policiais, ontem pela manhã, que estava em um bar na madrugada, na localidade conhecida como Baixada do Cleto, acompanhado de Davi, quando chegaram dois homens em uma moto. Eles acertaram um programa com Davi e saíram, mas o jovem acabou sendo assassinado a pedradas e encontrado no Campo do Marituba, no Salvador Lyra.

“Chegaram dois homens em uma moto para falar com o Davi. Ele [o Allex] observou que acertaram um esquema. O Davi aceitou e eles saíram. Eram dois elementos não conhecidos na redondeza”, disse um policial em entrevista à TV Pajuçara.

Horas depois, o amigo, Allex, principal testemunha do crime, foi vítima de uma possível queima de arquivo, por volta das 20h30. Ele foi morto com dois tiros na cabeça, também na Santa Lúcia, onde morava.

A ligação entre os casos será investigada pela Delegacia de Homicídios, assim como a suspeita de que ao menos um dos crimes pode ter relação com a condição sexual da vítima. O TNH1 tentou contato com o delegado responsável pelo caso, Eduardo Mero, mas ele não atendeu às ligações. Na delegacia, os policiais informaram que não poderiam passar informações.

Fonte: TNH

0 Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Marechal Notícias