Madereira Portal
Auto Peças
Cia das Bebidas

Ex-militar apontado em mais de 10 homicídios volta a ser preso por roubo de veículo

Medeiros na época que voltou a AL depois de fica preso em presídio federal

Velho conhecido da polícia alagoana, o ex-sargento da Polícia Militar de Alagoas Raimundo Edson da Silva Medeiros, o sargento Medeiros, voltou a ser preso nesta quinta-feira (18), desta vez acusado de roubo de veículos. Preso, chegou a ser transferido para o Presídio de Segurança Máxima em Campo Grande, onde ficou por 17 meses. Posteriormente, foi a Cantaduvas, no Paraná.

Medeiros teria invadido a residência de um empresário e roubado a sua caminhonete Amarok e cerca de R$ 10 mil em espécie. O ex-militar integraria uma organização criminosa especializada em roubos de veículos que atual em Alagoas. A prisão foi coordenada pela equipe da delegada Maria Angelita. Além de Medeiros, foram presos Edison Silva dos Santos, 24, Luciano Rodrigo Quintela de Lima, 40, e Tiago da Silva Tenório, 26 anos.

‘Sargento Medeiros’ é personagem de destaque no início dos anos 2000 em Alagoas. Em 2006, ele conseguiu fugir da carceragem da Polícia Federal em Alagoas, sendo recapturado dois anos depois na casa da irmã, no Tabuleiro do Martins.

A polícia atribuía a Medeiros, à época, as mortes do assessor parlamentar Cícero Belém, do policial civil Robson Rui, de um promotor de Justiça pernambucano, além do motorista da Prefeitura de Satuba, Carlos André. Em 2009, o ex-militar foi condenado a 16 anos pelo assassinato do jovem Eddy Eilliams Alves dos Santos. Ele perdeu a farda em 2006, após ser condenado por deserção.

AL24hs

0 Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Marechal Notícias