28 de maio de 2013 às 09:06

Homem confirma que recebeu dinheiro para matar namorada do cantor Capa de Sela

Jomilto Santos, o “Baiano”, admitiu ter sido contratado pelo cantor (Emergencia190)

Jomilto Santos, o “Baiano”, admitiu ter sido contratado pelo cantor (Emergencia190)

As investigações sobre o assassinato da menor Gilmara Silva, 17, encontrada morta com um tiro na testa na manhã do último dia 16, em um dos trechos da BR-104, entre os municípios de Messias e Rio Largo, na Grande Maceió, teve novos desdobramentos LEIA AQUI

As contradições nos depoimentos do cantor de forró da banda Capa de Sela, Ivonilson Monteiro Calaça e do motorista dele, Aldigesy Deodato da Silva, o “Pinto” – acusados da morte – levaram policiais da equipe do delegado Ronilson Medeiros, da Delegacia de Homicídios (DH) de Maceió, se aprofundarem nas investigações e identificar o homem que deflagrou o tiro na vítima.

Jomilto Santos de Braga, 24, o “Baiano”, foi preso na manhã desta segunda-feira, 27, em um bar na Vila Brejal, periferia de Maceió. Natatural da cidade de Camaçari, na Bahia, Jomilto  já esteve preso acusado de tráfico de drogas.

Levado para a DH, “Bahiano” confessou o crime que teria custado R$ 1.250, mas que só recebeu R$ 450. Após o crime o acusado levou o aparelho celular e a bolsa da vítima. Ainda segundo ele quem intermediou o assassinato da garota foi “Pinto” a mando do cantor que também – ainda de acordo com a polícia – havia planejado o assassinado da irmã da jovem morta, de nome Jussara dos Santos da Silva, 26, e do namorado dela. Os dois crimes tinham o intuito de “eliminar” qualquer suspeita sobre quem ordenou a execução de Gilmara.

Qualquer pessoa que tenha detalhes que possam ajudar esclarecer este ou qualquer crime pode ajudar ligando para o Disque Denúncia, através do número 181. O denunciante não precisa se identificar.

Fonte: emergencia190

0 Comentários

Deixe o seu comentário

PUBLICIDADE

Website desenvolvido por André Moabson