Madereira Portal
Auto Peças

PC confirma prisão de namorado de grávida assassinada e jogada em rodovia

Mara e Ivanilson: amor e morte (facebook)

Mara e Ivanilson: amor e morte (facebook)

A Polícia Civil de Alagoas confirmou no final da manhã desta sexta, dia 17, a prisão em flagrante de Ivanilson Monteiro, 48 anos, e seu morotista, Aldigesy Deodato da Silva, 32, acusados de matar a jovem Gilmara Santos Silva, de 17 anos, encontrada sem vida na manhã de ontem às margens da BR 104, entre as cidades de Rio Largo e Messias.

Os acusados foram autuados na Delegacia de Homicídios da Capital. A família soube da morte de jovem pela imprensa e foi à delegacia para prestar esclarecimentos. Em depoimento à polícia, irmã de Gilmara, que não teve sua identidade divulgada, narrou que a jovem saiu de casa por volta das 21h do dia anterior ao crime, no carro de Ivanilson Monteiro, empresário de uma banda de forró, com que mantinha um relacionamento, conduzido por seu motorista, em direção a Caruaru, onde acreditava que iria fazer compras.

Ela informou ainda que sua irmã foi procurada pelo empresário, com a proposta de que ela interrompesse a gestação por ele ser casado. Diante destas informações, equipes da delegacia de homicídios, coordenadas por Ronilson Medeiros, realizaram diversas diligências e prenderam os acusados. “O motorista já confirmou o crime, mas as investigações ainda não foram encerradas. Temos que levantar todos os detalhes, que serão divulgados em breve”, concluiu.

Uma terceira pessoa teria ajudado no crime. A polícia ainda não informou onde a jovem foi morta. Familiares de Gilmara estiveram no IML de Maceió para providenciar a liberação do cadáver.

Fonte: AL24hs Com PC

1 Comentário

  1. Jailton Silva disse:

    Isto é amor, coloquem estes dois cidadãos atrás das
    grades, é o mínimo que eles merecem.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Marechal Notícias