Madereira Portal
Auto Peças

PF investiga dupla que “distribuiu” dinheiro falso

Rafael Tenório e Erivaldo dos Santos foram presos após serem denunciados (Cortesia/3ªCia/11ºBPM)

Rafael Tenório e Erivaldo dos Santos foram presos após serem denunciados (Cortesia/3ªCia/11ºBPM)

A Polícia Federal (PF) de Alagoas vai investigar o “derrame” de notas falsas de R$ 100 na cidade de Porto Real do Colégio, na divisa com o Estado de Sergipe.

Rafael Tenório de Barros, 26, e Erivaldo dos Santos, 21, o “Kiko”, foram presos após denúncias de moradores da cidade para policiais da 3ª Companhia (3ª CIA) do 11º Batalhão de Polícia Militar (11º BPM).

Levantamentos iniciais da polícia indicam que em menos de um mês a dupla conseguiu repassar cerca de R$ 2 mil em cédulas falsas. A maioria das vítimas foram pequenos comerciais, principalmente os estabelecidos na feira livre de Porto Real.

As prisões aconteceram após o dono de uma panificação chamar a polícia denunciando um menor que teria feito uma compra de pequeno valor e pago com uma das notas falsas.

Localizado e levado até a Delegacia da Polícia Civil (PC) o adolescente revelou que havia sido “contratado” por Rafael e Erivaldo para passar as notas falsas em troca de um valor.

Foi o próprio garoto que levou os policiais até a residência de Erivaldo, com quem foi apreendido 11 notas falsas que estavam escondidas dentro de um jarro

Do Emergência 190

0 Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Marechal Notícias