Madereira Portal
Auto Peças
Cia das Bebidas

Polícia identifica suspeitos de matar jovem e filmar o crime em Marechal

á foram identificados os principais suspeitos de terem assassinado um adolescente na semana passada, nas imediações da Ponte Divaldo Suruagy, em Marechal Deodoro, Litoral Sul de Alagoas. O crime foi filmado por um dos agressores, e compartilhados pelas redes sociais.

De acordo com informações do Instituto Médico Legal (IML), a vítima foi identificada como Adrian Lima da Silva, de 16 anos. Morador do bairro de Ipioca, ele foi levado pelos suspeitos até Marechal, onde foi torturado e morto com requintes de crueldades.

O delegado de Marechal Deodoro, Rodrigo Colombelli, informou ao portal TNH1 que os suspeitos da morte de Adrian pertencem a uma determinada facção criminal, mas que isso não comprova que o adolescente tivesse ligação com o crime. “Ele pode ter presenciado algo que os envolvidos fizeram, mas ainda é cedo para afirmar algo”, comentou o delegado. “Não há dúvidas de quem o rapaz no vídeo seja ele”, acrescentou.

O corpo do rapaz foi encontrado com o pescoço cortado, várias perfurações no peito e um pedaço de madeira introduzido em sua boca. Ferimentos na cabeça e mãos amarradas também foram observados pelos moradores da região, que encontraram o cadáver na última sexta (16).

No vídeo, compartilhado principalmente pelos aplicativos de mensagens, a vítima é torturada e se debate enquanto é morta a golpes de faca. Quase nada é dito pelos assassinos, apenas quando o corpo já não se move, um dos agressores diz: “Já deu, já deu”.

No vídeo, compartilhado principalmente pelos aplicativos de mensagens, a vítima é torturada e se debate enquanto é morta a golpes de faca. Quase nada é dito pelos assassinos, apenas quando o corpo já não se move, um dos agressores diz: “Já deu, já deu”.

fonte:REAL DEODORENSE

0 Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Marechal Notícias