Madereira Portal
Auto Peças

População mata acusado de esfaquear idoso

força

Justiça com as próprias mãos. Foi assim que um grupo de moradores matou um homem acusado de ter agredido um idoso a facadas.

Josenildo de Oliveira, 22, foi morto com pauladas e pedradas em várias partes do corpo. Sua morte aconteceu instantes após ele ter esfaqueado o aposentado Antônio Soares Balbino, 66.

Revoltados com a tentativa criminosa os moradores da Rua do Arame, localizada nas proximidades do Conjunto Gama Lins, no bairro Cidade Universitária, conseguiram localizar Josenildo, que encurralado, foi agredido em via pública.

Duas Guarnições do Batalhão de Polícia de Guarda (BPGd) foram ao local e constataram que Josenildo, que segundo informações era desempregado, estava morto, enquanto que a outra vítima, foi socorrido para o Hospital Geral do Estado (HGE).

O que chamou a atenção foi que quando os policiais chegaram encontraram o corpo da vítima fatal, praticamente abandonado no meio da rua. No local não havia ninguém, o que é natural se tratando de alguém assassinado. Foram horas de tentativa de se saber o que havia acontecido até que algumas pessoas relataram que Josenildo foi morto porque havia esfaqueado uma pessoa “querida” dos moradores.

Também chamou a atenção o fato dos moradores não permitirem que equipes de reportagens se aproximassem. Somente após a chegada de mais equipes do BPGd e da Delegacia de Homicídios (DH), responsável pelas investigações, é que o arredio grupo de moradores, se recolheu em suas casas.

Do emergencia190

0 Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Marechal Notícias