Madereira Portal
Auto Peças

Almeida adia para dia 28 candidatura ao governo e nega ser vice

Antonio Albuqerque, Levy Fidélix, Cícero Almeida e Adeilson Bezerra

Antonio Albuqerque, Levy Fidélix, Cícero Almeida e Adeilson Bezerra

Durante coletiva do PRTB, realizada na manhã desta sexta-feira, 7, no Hotel Ouro Branco na Pajuçara, o ex-prefeito de Maceió, Cícero Almeida, oficializou sua pré-candidatura a deputado federal, mas não descartou concorrer ao governo de Alagoas. Se confirmada, o anúncio deve ser feito na Convenção Estadual do partido, prevista para o dia 28 de junho.

A pretensão, segundo Almeida, é um reflexo de pesquisas contratadas pelo partido para medir a intenção de votos na capital e no interior. Na pesquisa interna, como pré-candidato ao governo Almeida ‘desbancou’ nomes como Fernando Collor e Renan Calheiros e se destacou com grande expressividade em Maceió e Metropolitana.

O presidente Nacional do PRTB, Levy Fidélix, tomou para si as negociações e afirmou que deve se reunir com os senadores Fernando Collor, Renan Calheiros e Benedito de Lira para, só então, ‘decidir’ o futuro de Almeida. Antônio Albuquerque e Adeilson Loureiro faziam ‘frente’ aos anúncios de Almeida e complementavam a mesa.

O ex-prefeito descartou qualquer possibilidade de sentar com a base do governo Vilela. Almeida disse que se este for o caminho escolhido por seu partido, o PRTB não contará com ele no escrutínio de 2014.

Almeida disse ter se sentido desrespeitado por Téo nas duas últimas eleições. Mesmo sem entrar em detalhes, ficou claro que Cícero se referia principalmente ao não apoio de Vilela à candidatura de seu ‘sucessor’ Mozart Amaral. Mesmo se esforçando para não ‘polemizar’, Almeida deixou escapar sua insatisfação com o chefe do Executivo: “Tenho uma amizade e ao mesmo tempo uma tristeza (com Téo). Almeida avaliou, ainda, que Vilela está blefando e é sim candidato a alguma coisa”, disse Cícero.

Renan Filho, outro possível candidato, chegou a declarar que o ex-prefeito Cícero Almeida seria “um ótimo vice”. Em virtude da ‘densidade’ eleitoral de Almeida, Fidélix não descarta outras conjunturas e por esta mesma razão Almeida não parece se agradar muito da ideia de ser vice.

A confirmação sobre a ‘posição’ de Almeida nas eleições de 2014 só deve sair mesmo na convenção estadual do partido, no dia 28 de junho.

AL24hs

0 Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Marechal Notícias