Madereira Portal
Auto Peças
André Marechal

André Marechal

José André Ramos Silva é Gestor Ambiental, formado no Instituto Federal de Alagoas (IFAL), campus Marechal Deodoro. Atualmente frequenta o Curso de Comunicação Social, com habilitação em Jornalismo pela Universidade Federal de Alagoas (Ufal).

Duas cores que não podem ser usadas em Marechal até passar as eleições

A política em cidade pequena é muito interessante e porque não dizer até certo ponto divertida, ou mesmo perigosa, falsa e traiçoeira.

Pois bem. Como em uma cidade como a nossa onde todo mundo conhece todo mundo, o que vemos com frequência neste período eleitoral é muita briguinha, muito disse não disse, muito ouvi dizer, muita coisa de “emprenhar pelos ouvidos”, como se diz na gíria popular as fofocas que fazem parte do “leva e trás” .

Hoje muita gente brinca, mais acaba sendo verdade, que até passar as eleições qualquer cidadão que não queira se envolver diretamente com uma campanha eleitoral, não poderá usar as cores AZUL ou VERDE, nas roupas, fachadas ou em uma série de outros objetos.

Se alguém por um acaso (ou não), usar por exemplo uma blusa na cor azul; aquela que a pessoa já possui há anos e que faz parte do guarda-roupa do cidadão há muito tempo, os fofoqueiros de plantão que estão “de olho”, correm logo para dizer: olha, fulano de tal tá do lado do Cristiano, é “cara preta”.

Da mesma forma quando se veste o verde. Correm logo para contar: Tu visse? Beltrano tá com Júnior. E a partir daí se sucedem uma série de retaliações, perseguições e picuinhas.

Muitas vezes não pelos majoritários, mas pelos chamados “puxa-sacos de plantão”, coisa que tem nos dois lados e que fazem de tudo para derrubar os outros, custe o que custar (CQC).

Eu mesmo já fui vítima desses falsos comentários em 2005, o que me custou mais da metade do meu salário na época. Justamente por essa questão do político emprenhar pelos ouvidos e acreditar nas fofocas maldosas dos seus “balança-ovos”.

Só que muitos esquecem que a vida é uma eterna roda gigante: Em um instante estamos por cima; em outro momento ela desce e nos encontramos no ponto mais baixo desta enorme roda gigante da vida.

Pensem nisso!

1 Comentário

  1. Fabiana disse:

    Você está certo André! Isso chega a irritar, ninguém pode usar nem uma cor nem outra que tem sempre alguém lhe olhando atravessado. Um brinco verde ou azul é motivo de questionamento. Pessoas pequenas pensam coisas pequenas, pessoas grandes pensam em realizar sonhos e não se preocupam com a opinião alheia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Marechal Notícias