Madereira Portal
Auto Peças
André Marechal

André Marechal

José André Ramos Silva é Gestor Ambiental, formado no Instituto Federal de Alagoas (IFAL), campus Marechal Deodoro. Atualmente frequenta o Curso de Comunicação Social, com habilitação em Jornalismo pela Universidade Federal de Alagoas (Ufal).

Eu quero ser Prefeito

André do Marechal Notícias

Nessa época de eleições o cidadão comum, aquele que participa do pleito apenas como eleitor, dando sua contribuição de forma democrática, ou não, se vê rodeado de propostas mirabolantes para uma futura administração pública municipal.

Essa é uma realidade em qualquer município brasileiro, mais aqui no Nordeste parece que as ações para essa futura gestão faz com com que os políticos prometam o “mundo e o fundo”.

Eu particularmente sou fã de uma música do forrozeiro alagoano Messias Lima que ilustra bem essa realidade, principalmente no que diz respeito às falsas promessas que aparecem a cada nova eleição.

Eu por exemplo ouvi de um candidato a vereador na eleição de 2008, que caso fosse eleito iria realizar um concurso para a Polícia Militar. Me respondam se pode um absurdo desses?

Esse com certeza não sabe nem qual é esfera de atuação de um vereador (municipal, estadual, federal), muito menos qual é a função do mesmo.

Mais voltando ao nosso amigo Messias Lima, a quem ainda espero ter o prazer de conhecê-lo pessoalmente, a música é interessante porque conta justamente como é a realidade e os padrões políticos de muitas cidades do interior nordestino.

Para quem não conhece, aqui vai alguns refrões da música que fala do cara que quer ser Prefeito:

EU QUERO SER PREFEITO, EU QUERO SER PREFEITO

NA MINHA CIDADE VOU FAZER TUDO DIREITO.
VOU CONSTRUIR UM COLÉGIO E UM HOSPITAL
UMA CASA FUNERAL PRA AJUDAR MEUS “ELEITÔ”
VOU DAR EMPREGO PARA TODOS MEUS PARENTES
VOU TRABALHAR JUNTAMENTE COM OS MEU “VEREADÔ”
VOU COMPRAR TERRA COMPRAR GADO E CARRO NOVO
EU VOU ENGANAR O POVO
COM TRÊS “INAUGURAÇÃO”

O POVO SABE QUE SEQUER ESTOU COM ELES
MAIS EU SÓ PRECISO DELES
NO DIA DA ELEIÇÃO. (bis)

Muita gente diz que a letra da música e a realidade política nordestina é apenas uma mera coincidência. Será?

Vamos refletir sobre isso!

0 Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Marechal Notícias