COVID-19
Marechal Deodoro
Confirmados
1.262
Suspeitos
20
Descartados
1.496
Recuperados
1.167
Óbitos
15
Pub
Pub

Ricardo Coelho

27 de junho de 2020
última atualização em 27 de junho de 2020 às 11:06

COVID-19: COMO ESTÁ A FOTOGRAFIA E O SETOR DE EVENTOS 90 DIAS DEPOIS! UM RAIO X?

Imagem do dite da Bol

Não sendo alarmante só realista !
O mundo Mudou só você não quer ver.

Eventos de casamento. O impacto foi altíssimo. As festas de casamento e cerimonias tiveram forte efeito direto da pandemia. Sobretudo por envolver aglomeração. Em um primeiro momento vieram as remarcações e cancelamentos (que seguem ocorrendo diga-se de passagem em grande escala ).

Uma dura realidade :
É importante dizer que muitos fotógrafos,Djs,seguramças e etc, até mudaram ou estão mudando de profissão. E tem aqueles que simplesmente tem condições e vão esperar. Esses obviamente são a minoria. Resta saber se o setor de casamentos vai se transformar completamente de 2021 para frente. Será que a era das mega festas e dos orçamentos ainda mais justos será a nova norma?

Eventos de formatura – Grande impacto nesse mercado de formatura pois envolve aglomerações de pessoas. O ensino superior está sem uma previsão concreta de retorno e muitas universidades anunciando que vão manter um formato EAD até o fim do ano. O mercado de foto escola também foi atingido da mesma forma. Em São Paulo por exemplo o anúncio do retorno em setembro em um formato híbrido pode indicar como será mais para a parte final do ano. De qualquer forma, para a parte fotográfica a restrição foi gigantesca. As universidades particulares fizeram cortes de professores e o quadro de inadimplência de alunos é bem alto. O mesmo vale para a evasão. No estado de SP a inadimplência para o período passou de 70% e da evasão acima de 11% nas instituições particulares. Sem formaturas ou com antecipações que não preveem condições ideais para fotógrafos ou empresas de formatura o desafio ficou imenso. As empresas do ramo de formaturas (e de foto e vídeo) viram em boa parte seu faturamento zerar.

Imagem: freepik

Foto cabine – Altamente impactado assim como casamentos e formaturas. As foto cabines se viram paradas e sem trabalho. Alguns nesse setor buscaram alternativa com ofertas criativas para lives e impressão via hashtag. Outros viraram o negócio para impressão e entrega local. Embora sem dados oficiais muitos também já desistiram do mercado. E como tudo ultimamente outros viram como oportunidade para testar novas estratégias e modelos de negócio no online e na venda via apps de mensagens e com delivery.

O que vem por aí? Seria muita irresponsabilidade fazer qualquer tipo de previsão para os próximos meses. É fato que o reflexo os reflexos financeiros e toda a redução econômica. A grande questão é como ficará todo o mercado daqui para a frente. O cenário macro na economia é dos mais complexos com queda prevista para o PIB no país sendo a maior em 120 anos segundo números recentes divulgados por especialistas em economia e com base em informações divulgadas pelo FMI. Essa mistura de incerteza, milhões de desempregados e a sombra de novas ondas de casos do novo coronavírus não dá margens para muita animação.

Só posso dizer que o Mundo esta Mudando! e você?

Anuncio

0 Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Sobre
Ricardo Coelho

Fotografo e Cinegrafista por amor, desde 1987. Esteve presente no mercado de Pernambuco ,São Paulo e Rio de Janeiro, agregando conhecimento, reunido em seu portfólio, mais de 4000 formaturas no currículo. Gerente Comercial de umas das principais Empresas de Formatura do Nordeste, Diretor de Marketing , Gerente de redes Sociais . Com sua competência e simpatia conquistou o mercado de Formaturas e estado e esta entre os mais lembrados do setor.

Ricardo Pereira Coelho

Contato 82 99631-4502

#ricardocomercial

Instagram ricardocomercial

Anuncio
Anuncio
Copyright © 2020 Marechal Notícias. Todos os direitos reservados.