COVID-19
Marechal Deodoro
Confirmados
289
Suspeitos
146
Descartados
597
Recuperados
183
Óbitos
11
Pub
Pub

Ricardo Coelho

17 de março de 2019
última atualização em 17 de março de 2019 às 21:03

Dicas para um bom Discurso de Formatura

Para falar corretamente e sem inibição, vale à pena ficar atendo (a) as seguintes dicas;

• Primeiramente definir qual o tema a ser abordado.

• Lembrar à comissão que o tempo máximo usual para discursos é de 05 minutos, e tempo máximo para homenagens: 03 minutos. Este tempo pode alterar…

• Toda apresentação para uma platéia precisa ter início, meio e fim.

• Seja você mesmo, passe as emoções das palavras aos ouvintes

• Pronunciar bem as palavras e com uma boa intensidade

• Falar com uma boa velocidade e ritmo.

• Tem que ser uma pessoa que tenha um vocabulário adequado e uma postura correta.

• Ter muito cuidado com a gramática, pois haverá professores, mestres no local.

• Distribua cópias dos discursos às pessoas no dia do ensaio da colação e distribua os originais no dia da colação.

• Treine bastante, sempre que puder, assim ficara mais fácil.

Naturalidade

A naturalidade pode ser considerada a melhor regra da boa comunicação

•  Se você cometer alguns erros técnicos durante uma apresentação em público, mas comportar-se de maneira natural e espontânea tenha certeza de que os ouvintes ainda poderão acreditar nas suas palavras e aceitar bem a mensagem. 

•  Entretanto, se usar técnicas de comunicação, mas apresentar-se de forma artificial, a platéia poderá duvidar das suas intenções. 

•  A técnica será útil quando preservar suas características e respeitar seu estilo de comunicação. 

•  Apresentando-se com naturalidade, irá se sentir seguro confiante e suas apresentações serão mais eficientes.

Memória

Não confie na sua memória. Leve sempre um roteiro como apoio.

•  Algumas pessoas memorizam suas apresentações palavra por palavra imaginando que assim se sentirão mais confiantes. A experiência demonstra que, de maneira geral, o resultado acaba sendo muito diferente. Se você se esquecer de uma palavra importante na ligação de duas idéias, talvez se sinta desestabilizado e inseguro para continuar. O pior é que ao decorar uma apresentação você poderá não se preparar psicologicamente para falar de improviso e ao não encontrar a informação de que necessita, ficará sem saber como contornar o problema.

•  Use um roteiro com as principais etapas da exposição, e frases que contenham idéias completas. Assim, diante da platéia, leia a frase e a seguir comente a informação, ampliando, criticando, comparando, discutindo, até que essa parte da mensagem se esgote. Depois, leia a próxima frase e faça outros comentários apropriados à nova informação, estabeleça outras comparações, introduza observações diferentes até concluir essa etapa do raciocínio.

•  Aja assim até encerrar a apresentação. 

•  Uma grande vantagem desse recurso é que você se sentirá seguro por ter um roteiro com toda a seqüência da apresentação, ao mesmo tempo que terá a liberdade para desenvolver o raciocínio diante do público. 

•  Se a sua apresentação for mais simples poderá recorrer a um cartão de notas, uma cartolina mais ou menos do tamanho da palma da mão, que deverá conter as palavras-chave, números, datas, cifras, e todas as informações que possam mostrar a seqüência das idéias. 

•  Com esse recurso você bate os olhos nas palavras que estão no cartão e vai se certificando que a seqüência planejada está sendo seguida.

Linguagem

Use uma linguagem correta.

•  Uma escorregadinha na gramática aqui, outra ali, talvez não chegue a prejudicar sua apresentação. Afinal, quem nunca comete erros gramaticais que atire a primeira pedra. Entretanto, alguns erros grosseiros poderão prejudicar a sua imagem e a da instituição que estiver representando. 

•  Tenho relacionado alguns erros comuns cometidos até por aqueles que ocupam posições hierárquicas importantes e sinto que as platéias que os ouvem duvidam da formação e da competência de quem os comete. 

•  Os mais graves são: ‘fazem tantos anos’, ‘menas’, ‘a nível de’, ‘somos em seis’, ‘meia tola’, entre outros. 

•  Mesmo que você tenha uma boa formação intelectual, sempre valerá a pena fazer uma revisão gramatical, principalmente quanto à conjugação verbal e às concordâncias.

Dicas :http://www.carlosconce.com.br/site/index.php/dicas

Imagens Internet

Anuncio

0 Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Sobre
Ricardo Coelho

Fotografo e Cinegrafista por amor, desde 1987. Esteve presente no mercado de Pernambuco ,São Paulo e Rio de Janeiro, agregando conhecimento, reunido em seu portfólio, mais de 4000 formaturas no currículo. Gerente Comercial de umas das principais Empresas de Formatura do Nordeste, Diretor de Marketing , Gerente de redes Sociais . Com sua competência e simpatia conquistou o mercado de Formaturas e estado e esta entre os mais lembrados do setor.

Ricardo Pereira Coelho

Contato 82 99631-4502

#ricardocomercial

Instagram ricardocomercial

Anuncio
Anuncio
Copyright © 2020 Marechal Notícias. Todos os direitos reservados.