COVID-19
Marechal Deodoro
Confirmados
236
Suspeitos
143
Descartados
540
Recuperados
112
Óbitos
10
Pub
Pub

Ricardo Coelho

10 de maio de 2020
última atualização em 10 de maio de 2020 às 07:05

Vestibular surgiu no Brasil em 1911.

Imagens Internet

O vestibular, teste famoso e temido pelos alunos de todo o país, se constitui em um dos momentos mais importantes da vida escolar. Seu nome vem da palavra vestíbulo, que faz referência ao acesso a um local específico. E é literalmente nessa etapa, que boa parte do futuro do aluno é direcionado, seja para um curso específico ou universidade

No entanto, o que foi percebido ao longo dos anos, é que o estudo em escola tradicional não era garantia de sempre se obter alunos competentes e a má formação dos estudantes começou a preocupar os mestres das próprias universidades.

Imagem:Internet

Instituído no Brasil em 1911, o vestibular foi transformado ao longo das décadas por dezenas de leis, decretos, portarias e resoluções. No início, o sistema era elitista e excludente: só entrava na universidade quem cursava um colégio tradicional.

Imagem : Escola 1908 fonte Internet

As primeiras escolas superiores foram criadas em 1808, quando a família real portuguesa se estabeleceu no País. Para ingressar nessas instituições, o candidato precisava ter 16 anos, no mínimo, e passar pelos chamados exames de madureza.

Quatro anos depois, preocupada com a má formação dos alunos, uma comissão apresentou na Câmara um projeto de reforma. “Há calouros de Direito que desconhecem completamente o latim e escrevem o português como crianças de grupo escolar”, foi um dos argumentos da comissão descrito pelo Estado na época.

No mesmo ano o governo federal criou o Concurso de Habilitação para Ingresso nas Faculdades, que selecionava para cursos públicos.

A palavra vestibular surgiu em 1915, quando os ensinos secundário e superior foram reorganizados. “O exame vestibular será feito em duas provas. A escrita consistirá na tradução de um trecho de autor clássico francês e de um livro fácil de inglês (…) e a prova oral (será) sobre elementos de phychologia e logica, história universal e história da philosophia”, dizia a reportagem.

Imagem : Internet

Forte concorrência. Vestibular vem de vestíbulo, espaço entre a porta de entrada e as principais dependências de uma casa. Com o tempo, se transformou na estreita e obrigatória passagem pela qual passava quem pretendia cursar as poucas carreiras que existiam. Em 1961, a Lei de Diretrizes e Bases (LDB) permitiu que todos os cursos de grau médio possibilitassem a entrada nos superiores. Surgiram os cursinhos pré-vestibulares e as universidades particulares começaram a se proliferar.

Concorridíssimos, os exames já não cabiam nas salas de aula e passaram a ser feitos em grandes espaços, como no Parque de Exposições do Anhembi. Em 1964, professores criaram fundações para selecionar os candidatos para diversas instituições, como a USP. A Fuvest nasceu em 1976, para unificar o processo de entrada na USP, Unesp e Unicamp, o que ocorreu até 1983.

Anuncio

0 Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Sobre
Ricardo Coelho

Fotografo e Cinegrafista por amor, desde 1987. Esteve presente no mercado de Pernambuco ,São Paulo e Rio de Janeiro, agregando conhecimento, reunido em seu portfólio, mais de 4000 formaturas no currículo. Gerente Comercial de umas das principais Empresas de Formatura do Nordeste, Diretor de Marketing , Gerente de redes Sociais . Com sua competência e simpatia conquistou o mercado de Formaturas e estado e esta entre os mais lembrados do setor.

Ricardo Pereira Coelho

Contato 82 99631-4502

#ricardocomercial

Instagram ricardocomercial

Anuncio
Anuncio
Copyright © 2020 Marechal Notícias. Todos os direitos reservados.