Madereira Portal
Auto Peças

Orgãos divulgam campanha de combate ao abuso e exploração sexual de crianças e adolescentes

Representante de diversos órgãos participaram da campanha. (foto: André do MN)

Representantes de diversos órgãos participaram da campanha. (foto: André do MN)

Uma campanha realizada em parceria com o Governo do Estado de Alagoas, Polícia Militar, TJ, Procon, CREAS e Conselho Tutelar, dentre outros órgãos, levou para as comunidades da praia do Francês e da Massagueira na manhã desta terça-feira (14), um projeto que visa estimular entre a população as denúncias de violência e exploração sexual cometidas contra crianças e adolescentes.

Por serem áreas propícias a este tipo de conduta, os agentes, liderados pelo Dr. Cláudio Soriano, Presidente do Conselho dos Direitos da Criança e do Adolescente de Alagoas, a Tenente-coronel Valdenize, Conselheira do órgão; os Capitães Renilson e Vieira Comandante e Subcomandante da 5ª Cia da PM e dos Conselheiros Tutelares João Paulo, Eliene Balbino e Remi, estiveram visitando o pólo gastronômico da Massagueira e a praia do Francês, importantes destinos turísticos do nordeste brasileiro.

Foram distribuídos folhetos explicativos e adesivos, onde foi dado destaque ao número Disque 100, para que qualquer cidadão possa denunciar atos violentos que sejam cometidos contra as crianças e adolescentes, considerados como sendo vulneráveis a vários ilícitos; principalmente através da exploração sexual.

De acordo com o coordenador Cláudio Soriano, essas ações são desenvolvidas durante todo o ano e atingem principalmente a região metropolitana de Maceió e cidades onde os índices deste tipo de ocorrência vem aumentando, buscando fazer com que a sociedade denuncie qualquer atitude que inflija a legislação que ampara os Direitos da Criança e o Adolescente.

Fotos: André do MN

2 Comentários

  1. Ranuzia disse:

    Os conselheiros tutelares Luiz e Ranúzia,estavam na sede do conselho, a disposição da população devido ao grande fluxo de trabalho,com intuito de atender a comunidade da melhor maneira possível.
    Obs: Não justifica-se a dedicação exclusiva à trabalhos preventivos quando existem casos concretos também a serem solucionados.
    Gratos,
    Luiz e Ranúzia

  2. XUXA disse:

    MUITO BEM GOSTEI DO TRABALHO DE VCS DE DIVULGAR , ESSAS ATROCIDADES QUE ESTÃO ACONTECENDO EM MARECHAL DEODORO. ESTÃO DE PARABÉNS.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Marechal Notícias