Madereira Portal
Auto Peças

Capitão da PM é preso acusado de atirar na porta de nora de delegado na Barra Nova

Capitão Rocha Lima foi conduzido para Central de Polícia

O capitão da Polícia Militar Antônio Marcos da Rocha Lima foi preso, na madrugada desta quinta-feira (23), depois de ter sido acusado de ter efetuado 18 disparos de arma de fogo contra o portão da casa da vizinha, Daniela Cristine da Fonseca Omena, de 32 anos, que é nora do delegado da Polícia Civil Angélico Farias de Melo.

Segundo Daniela, ela estava na sua casa, situada no Povoado de Barra Nova, em Marechal Deodoro, região metropolitana de Maceió, quando o acusado chegou efetuando os disparos. Ainda conforme a vítima, após atirar 18 vezes, o PM fugiu em um Citroen C4 Pallas, cor prata e placa MUX-9911.

Horas mais tarde, o capitão Rocha Lima foi preso em flagrante pela Polícia Militar no bairro da Serraria, próximo a um posto de combustíveis situado entre a Avenida Menino Marcelo, conhecida como Via Expressa, e o Conjunto José Tenório, depois que populares acionaram a Polícia e informaram que o militar apresentava sinais de embriaguez e baixou a roupa e começou a urinar diante de todos. Além disso, eles relataram que o acusado estava com a arma em posição ostensiva.

O capitão foi detido pela PM e levado à Central de Polícia de Maceió, onde foi atuado em flagrante por porte ilegal de arma de fogo de uso permitido. Sua pistola Taurus calibre .380, com capacidade para 19 munições, das quais 11 estavam intactas, foi apreendida. Em seguida, ele foi entregue à PM, para ficar detido pela própria Polícia Militar.

O Instituto de Criminalística foi acionado para periciar a residência de Daniela Fonseca, no Povoado de Barra Nova.

Fonte: Gazeta Web

0 Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Marechal Notícias