Pub
Pub

André Marechal

20 de fevereiro de 2019
última atualização em 21 de fevereiro de 2019 às 14:02

Polêmica no Carnaval em Marechal: Lanche em um canto, refrigerante ou suco em outro

Imagem ilustrativa.

Rapaz as vezes eu me surpreendo com algumas decisões que são tomadas aqui na cidade de Marechal Deodoro, e o caso que vou expor agora diz respeito ao carnaval 2019. Muitos ambulantes me procuraram reclamando de algumas ‘regras’ impostas para os festejos de 2019.

É que tem coisas que parecem meio que sem lógica, ou talvez a minha mentalidade, a minha vivência ao longo dos meus 45 anos de idade, tenha me deixado sem as faculdades mentais em dia.

Os ambulantes que irão colocar seus produtos a venda durante a folia de momo terão que seguir a risca algumas regras que eu diria que são ditatoriais. Vou colocar o que me foi relatado.

Quem vende lanches por exemplo: pastéis, sanduíches, passaportes, cachorro quente e etc, não poderão vender refrigerante ou suco. O consumidor terá que comprar estes itens em outra barraca.

Diga você amigo leitor que está lendo agora essa postagem. É ou não é algo sem noção? Uma imposição do tipo ‘é pegar ou largar’?

Vamos deixar aqui o espaço aberto para que se de repente alguém queira se pronunciar, dizer que os ambulantes que me passaram a situação se equivocaram. Darei o direito de resposta sem problemas aqui na minha coluna.

No entanto, essas coisas parece que só acontecem por aqui mesmo na cidade de Marechal Deodoro!

Anuncio
Anuncio

7 Comentários

  1. Delane Carmelo Pereira @ disse:

    Não é só os ambulantes que sofrem se voceis olharem à s.ituacao da saúde é uma vergonha principalmente os nossos salarios é uma falta de respeito esse povo não tem consideração a ninguem aproveitem esse resto de mandato .

  2. Luciene disse:

    Isso acontece porque nois os mais humildes .nunca tivemos vez
    Agora ver se eles nao estao com os bolsos cheio do dinheiro do povo .
    Quando fala politica eu me recolho porque so somos lembrados. Quando e eleicao.
    Isso e muito triste sabe porque as pessoas sao culpados acham que 50 ou 100 reais serve. Ate aquele mandato acabar. ..entao. Agora vejam air .cada dia pior …😡😡

  3. Eduarda disse:

    Na verdade, isso é pra beneficiar um certo empresário no ramo de bebidas, ligado a prefeitura, e único, que distribui pra os ambulantes, da forma q ele achar melhor. Ja q o pessoal das barracas de comidas não compram diretamente a ele!

  4. deodorense sim senhor disse:

    Acho que cada ambulante tem o direito de vender seus alimentos como, Passaporte + Refrigerante, Sanduíche + Refrigerante ou suco, Pastel + suco ou refrigerante, Churrasco + cervejas + refrigerantes, ou outros, não vejo o motivo dessa absurda separação, os inventores dessa palhaçada precisa analisar melhor e ainda tem tempo de corrigir tamanha burrice.

  5. Alagoana arretada disse:

    B noite
    Ditadura ? Pré história? Esse povo não tem o q fazer…o consumidor quer comodidade tudo perto. A cerveja fica aqui o copo na esquina né? Me poupe

  6. MJ disse:

    Caso isso seja verdade, só alguns ambulantes serão beneficiados, pois irá concentrar o lucro que poderia ser muito bem distribuído entre todos que prestam o serviço.

    E caso isso aconteça, espero que o lucro seja só para os ambulantes…

    • Gabriel disse:

      Isso é um absurdo, nunca vi um negócio desse a pessoa vender lanche e não poder vender o refrigerante ou suco, só em Marechal mesmo. De quem será que foi essa idéia imbecil?

Deixe uma resposta para Alagoana arretada Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Cancelar Resposta

Desenvolvido por André Moabson S. Ramos