Madereira Portal
Auto Peças

Policial Militar é assassinado durante assalto a van na Barra de São Miguel

Vítimas foram encaminhadas para a Delegacia da Barra. (foto: Sandro Quintela)

Redator do  MN conversou com outras vítimas na Delegacia da Barra de São Miguel. (foto: Sandro Quintela)

A violência que impera absoluta no estado de Alagoas fez mais uma vitima no inicio da noite desta quarta-feira (05).

O Cabo da Policial Militar José Wellington da Silva, 39 anos, pertencente ao Batalhão de Policia Ambiental, foi executado com vários tiros quando viajava em um transporte complementar que seguia da cidade de Maceió para Arapiraca.

Três bandidos, sendo dois homens e uma mulher, que se passavam por passageiros anunciaram o assalto nas proximidades da fazenda Andorinha no município de Barra de São Miguel, litoral sul alagoano.

Van seguia com destino a Arapiraca.

Van seguia com destino a Arapiraca.

Provavelmente ao identificarem o militar como sendo um dos ocupantes do veiculo, eles o executaram. Os tiros atingiram a cabeça do PM.

Testemunhas que seguiam na Van e que foram levadas inicialmente para a sede do 18º DP na cidade de Barra de São Miguel, informaram a equipe do Marechal Notícias que a viagem transcorria normalmente até as proximidades do trevo que dá acesso a Praia do Gunga.

A partir deste momento os indivíduos anunciaram o assalto. Enquanto a mulher recolhia os pertences das vítimas, os dois homens apontavam armas para a cabeça dos passageiros, dentre eles o Cabo PM.

Quando perceberam que tratava-se de um policial, um dos indivíduos atirou várias vezes contra a vítima fatal que ainda foi socorrida para o HGE onde já chegou sem vida.

Neste momento diversas guarnições da 5ª Cia estão em ronda em toda região na tentativa de localizar os assassinos, que devido as características e o local onde resolveram praticar o assalto, leva a crer que podem ser residentes naquele importante destino turístico do litoral sul de Alagoas.

Atualizada às 21:19h

Vítimas contaram ao MN os momentos de angústia que passaram.

Vítimas contaram ao MN os momentos de angústia que passaram.

DSC_6392

DSC_6396

3 Comentários

  1. internalta disse:

    alagoas estar terra sem lei os bandido mata rouba mata e niguen vai preso e nen tão pouco capiturado á conversa é que os endivido tomou destino enginoradoo. gente cader as autoridade ai por favou tomen algunha providença ou vcs so vam tomar providence quando acontecer com algun de vcs todos nós sMOS SERES umanos

  2. Tenório disse:

    Grande amigo, preto, vai com Deus

  3. BARRENSE disse:

    É TÉO É TÉO É TÉO, TÔ DIZENDO QUE SIM, QUEM ODEIA ALAGOAS VOTOU NO 45.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Marechal Notícias